contato@ozonioline.com.br   (11) 5666-0360 | (11) 94141-8444 (Whatsapp)
Ozônio no chuveiro: É mesmo possível??!

Ozônio no chuveiro: É mesmo possível??!

No último ano, com a popularização dos ozonizadores, tem-se visto vários vendedores comercializando seus aparelhos e ensinando a utilizar em chuveiros prometendo “banho ozonizado” com baixo custo e vários benefícios.

Mas será que isto é mesmo possível?

Antes de responder esta pergunta, alguns esclarecimentos são necessários:

  • Afinal, o que o ozônio?

          O ozônio é um gás formado naturalmente no meio ambiente quando ocorrem grandes descargas elétricas na atmosfera. Quando um raio “corta” a atmosfera, quebra várias moléculas de oxigênio (O2) que, ao se reagruparem, formam ozônio (O3). Esse processo pode ser repetido em laboratório ou, em menor escala, em um aparelho gerador de ozônio.

  • O ozônio pode ser armazenado?

          Não. O ozônio é um gás altamente instável e que deve ser gerado e consumido na mesma hora, pois quebra-se e volta a ser oxigênio rapidamente. Exceto em baixíssimas temperaturas e na forma líquida o ozônio pode ser armazenado, mas isso é impraticável e desnecessário devido aos altíssimos custos envolvidos.

  • Características importantes acerca do ozônio:

          O ozônio é altamente oxidante. Com isso, é um excelente aliado na eliminação de odores, além de eliminar com grande eficiência: vírus, bactérias, protozoários e muitos tipos de fungos.

          O ozônio é muito sensível ao calor. Ou seja, quanto mais quente, mais rápido o ozônio irá se desfazer ou, até mesmo, deixará de ser produzido. Temperaturas acima de 33oC inviabilizam a utilização eficaz do ozônio.

Agora que temos um conhecimento melhor acerca do ozônio: É possível utilizar no chuveiro?

          Não! O ozônio é um gás muito instável, sensível a altas temperaturas. Se utilizar com o chuveiro frio, ou seja, com a resistência desligada, aproveitará dos benefícios do ozônio na água, mas será desagradável, tendo em vista que poucos gostam de banho frio. Além disso, o ozônio ataca facilmente muitos metais, e a resistência do chuveiro será atacada e se romperá rapidamente, independente de estar ligada ou não. Caso tome banho quente, o ozônio irá se desfazer quase completamente antes de atingir seu corpo, ou pior, pode sequer chegar até você, impedindo que aproveite os benefícios que o ozônio pode lhe proporcionar.

          Logo, não recomendamos o uso do ozônio no chuveiro, tanto por ser extremamente ineficiente, quanto por prejudicar os componentes internos do chuveiro e da sua tubulação (caso seja metálica).

          A melhor forma de obter um banho ozonizado é com uma banheira/ofurô, com água fria ou, no máximo morna (33°C), a fim de obter todos os benefícios de um banho ozonizado. Além disso, a utilização se torna muito mais eficaz, estará com o corpo todo mergulhado(a) em água ozonizada.

          A Ozônio Line oferece equipamentos adequados para banheiras e Hidrozonoterapia.

Veja no link –> http://www.ozonioline.com.br/produto/ozonizador-para-hidrozonoterapia-hydro500-ozonizador-para-banheira/

O assunto é muito amplo, logo recomendamos que leia nossos textos para maiores esclarecimentos sobre usos e características do ozônio.

Sobre o autor

Deixe um comentário